Carrinho

Quando começam a tomar chimarrão, todas as pessoas passam pelo processo de aprendizado de cevar as primeiras cuias. É fato que, apesar de ser um processo simples, o aperfeiçoamento da técnica leva algum tempo. Mas calma, seguindo o passo a passo e possuindo as informações chave descritas abaixo, é possível “acertar a mão” e preparar um bom chimarrão já de primeira.

Existem diversas maneiras para preparar o chimarrão. Entre algumas maneiras possíveis, é possível fazer com cevador ou com as mãos, chimarrão invertido, estilo formigueiro, decorado ou não, etc.

Neste texto ensinaremos a que talvez seja a mais tradicional delas, que é também muito simples para quem está preparando pela primeira vez. Mas chega de papo e vamos logo ao que interessa…

O que preciso para preparar o chimarrão?

Você irá precisar dos seguinte itens:

Cuia para chimarrão gaúcho
Bomba para Chimarrão
Erva-mate para Chimarrão
Garrafa térmica
Vira-mate ou cevador de mate

Está à procura do kit completo para tomar o seu Chimarrão? Conheça o nosso Kit Presente, o melhor kit para iniciar a tomar o Mate ou Chimarrão.

Prefere assistir a um vídeo explicativo? O Mate in Box preparou um vídeo para você. Assista abaixo:

Confira mais vídeos como este em nosso canal no YouTube

Como fazer chimarrão: passo-a-passo

1 – Comece preparando a água para o chimarrão.

A primeira coisa a se fazer é aquecer e preparar a água. A temperatura correta e confortável para a água do Chimarrão é entre 65 e 75 ºC, a depender da sua preferência pessoal. Pessoas mais específicas juram que 73ºC é a temperatura ideal.

Contudo, não é necessário utilizar um termômetro para saber a temperatura da água. Durante o processo de aquecer a água, você verá que pequenas bolhas começam a se formar no fundo da panela ou chaleira quando esta chega próxima aos 70 ºC. 

Dependendo do modelo e material da sua chaleira, e também da intensidade do fogo, a chaleira começa a “chiar” quando as micro-bolhas começam a se formar.

Neste momento, desligue o fogo e reserve a água numa chaleira ou garrafa térmica.

2 – Preencha aproximadamente 2/3 do volume da cuia com erva-mate para chimarrão.

Uma dúvida comum nessa hora é: Quanta erva devo usar?

A depender a cuia, a quantidade ideal exata pode variar. Como descrito no blog post sobre tipos de cuia, cada porongo (planta utilizada para fabricar a cuia para chimarrão gaúcho) possui formato único. Contudo, uma receita praticamente infalível é preencher com erva-mate um volume aproximado de ⅔ do volume da cuia.

Conheça a Cuia Mate in Box. Ideal para tomar aquele mate em casa ou trabalho.

3 – Construa a “parede seca” de erva-mate.

Com uma das mãos segure a cuia e com a outra mão tampe a “boca” da cuia utilizando para isso o “vira-mate”. Você pode substituir o “vira-mate” por qualquer superfície plana, de plástico, metal ou madeira. Contudo, caso não tenha nenhum desses você pode utilizar as mãos mesmo.

Vire a cuia de cabeça para baixo formando um ângulo de aproximadamente 45º entre a cuia e o plano horizontal. Neste momento você deve chacoalhar a cuia. Os galhos e grãos maiores da erva serão naturalmente levados para a parte mais alta (parte de baixo da cuia – uma vez que, neste momento, a mesma encontra-se de cabeça para baixo) e a parte mais fina da erva ficará próxima ao “vira-mate”.

Powered by Rock Convert

Gire novamente a cuia e posicione a mesma em 45º (dessa vez de cabeça para cima). Retire com cuidado o “vira-mate”, deslizando-o como mostrado no vídeo acima.

Cuidado! Nesse momento a parede de erva já está formada, mas ainda é frágil. Ela pode desmoronar a qualquer momento, por isso não faça movimentos bruscos até que o próximo passo seja completado.

4 – Adicione a primeira água (temperatura ambiente) para “cevar” o mate.

“Cevar o mate” é o nome dado ao processo de preparação do mate ou chimarrão.

Neste momento do processo, temos uma “parede” seca e instável de erva-mate. Portanto, coloque a primeira água do chimarrão para que a parede fique estável, antes de colocar a bomba.

Com a cuia ainda inclinada colocamos água à temperatura ambiente. Cevar o mate com água ambiente ou morna garante que o chimarrão não sinta o “choque” da água quente e preserve o sabor original da erva.

5 – Espere a erva absorver a primeira água e em seguida introduza a bomba no chimarrão.

Repouse a cuia em uma superfície estável por um período entre 1 (um) e 2 (dois) minutos.

Você verá que o nível da água irá diminuir. Isso é normal, pois nesse momento a erva-mate está absorvendo a água e está “inchando” (literalmente). Após este período, a parede do chimarrão já estará consolidada e então é o momento de colocar a cuia na posição vertical (de pé).

Tapando o bocal da bomba, introduza-a na cuia pressionando o bojo contra a parede de erva. Isso garantirá que a bomba fique estável.

6 – Descarte a primeira água do mate (água fria) e agora sirva o chimarrão com água quente.

Neste momento o chimarrão já está cevado. Contudo, como a primeira água do chimarrão era fria, algumas pessoas preferem não descartá-la. 

Com a boca, retire a água fria e descarte. Em seguida, sirva com água quente. e pronto…

7 – Pronto. Agora é só saborear o seu chimarrão.

Pronto, o Chimarrão já está cevado. Agora é só colocar a água quente, vê-lo espumar e aproveitar o seu mate!

Compartilhe a bebida com seus amigos e familia. Afinal, servir um chimarrão é sinônimo de hospitalidade e boa amizade.

Esperamos ter ajudado você a preparar o seu chimarrão. Se este for o caso, deixe aqui um comentário para a gente. Vamos adorar ter contato contigo.

Um grande abraço e viva o mate!

 

#mateinbox #vivaomate #aprendino90c

Selen Sousa

Author Selen Sousa

More posts by Selen Sousa

Join the discussion One Comment

Leave a Reply